O Naldo se converteu? | Brunbabi

Dia vai, dia vem e não teve um desses dias em que fiquei ausente em que não pensei em voltar a escrever por aqui. Os temas são os mais diversos... Acontece uma coisa na política, escuto uma bobagem sobre religião, leio um poema interessante e sei lá... Já vem aquela vontade de compartilhar em um texto. Estou feliz de estar de volta e ter marcado presença com vocês.
Aliás, vocês quem? Quem será que ainda lê as news do blog quando recebe? Será que eu ainda tenho público por aqui? Bom, eu entenderia e acharia justo se não tivesse, mas adoraria saber que vocês ainda estão por aí.
Entre tantas polêmicas que já rolaram do último post pra cá, algumas coisas realmente mexeram comigo. Li alguns posts de blogueiras sobre alguns assuntos, concordei com alguns, discordei de muitos outros e é lógico que eu queria conversar com vocês sobre todos eles, mas de uma vez? Como eu faço?
Bom, pra lançar (ahn?!?!?!) a primeira polêmica, quero falar da conversão (ou não) do Naldo, Mc Naldo ou Naldo Benny (para os menos íntimos).
Não sou jornalista investigativa, então basicamente o fato foi que ele esteve no show de um cantor evangélico bastante conhecido – Thales (se não me engano) e subiu no palco, cantou, chorou, etc. Feito isso, postou no seu facebook o quanto tudo isso mexeu com ele, o quanto ele se emocionou, como ele foi tocado por uma boa sensação e tal. O Thales fez o mesmo, postou no facebook a importância daquele momento, que tinha ficado feliz de ter “ganho a alma do Naldo pra Jesus” e etc.
E aí, como quem tem boca (ou dedos, ou facebook, ou qualquer coisa) fala o que quer, iniciou-se um VASTO falatório: Alguns deram GLÓRIA A DEUS pela “conversão” do Naldo, outros DEBOCHARAM da atitude dele, outros disseram que foi marketing e até aí: PERFEITO! Que bom e que maravilhoso é poder ter opinião e liberdade de expressão. Ninguém é obrigado a confiar em ninguém, nem ao menos em acreditar em nada.
Porém, como pra tudo existem os EXTREMISTAS (pessoas que adoram incitar o ódio, o preconceito e a rebeldia em qualquer ocasião, contra toda e qualquer coisa que não esteja de acordo com as próprias convicções), teve gente que MALHOU o Naldo, falou que ele era hipócrita, que DUVIDAVA que o cara tivesse sentido alguma coisa, que QUERIA ver ele mudar de rumo, de musica, de estilo, que o cara não presta porque fez isso ou aquilo com o filho, com a mulher, enfim: com dedo em riste, julgaram o cara como perfeitos e renomados juízes espirituais e aí o tempo fechou. Vi muita gente SÓBRIA dizer algumas coisas em defesa dele e achei bacana.
Antes de tudo: NÃO sou fã do Naldo. Gosto de algumas músicas, detesto outras, achei ridícula a mudança de nome, acho que ele canta bem em estúdio mas que o show dele é uma porcaria.
Vi gente criticando a esposa dele, a Mulher Moranguinho, falando que se ele fosse mudar de caminho, tinha que voltar a ser marido da “mulher da sua juventude”. AAAAAAAAAAAH, PELAMORDEDEUS POVO! Ela disse o que quis na mídia, mas quem viveu com ela foi ele, é ele que sabe se deve ficar com a muié ou não.
Em todo caso, não postei minha opinião no facebook porque ele já estava vasto de opiniões conflituosas e a minha não teria nada a agregar ali. Resolvi escrever aqui, não porque me importo com o Naldo, ele é um homem adulto, feito, rico e famoso, ele que se vire pra resolver suas polêmicas e assumir suas crenças.
Escrevo porque tenho MEDO! Medo de viver em um mundo onde pessoas cegas insistem em fazer os traços que guiarão o mapa de outras pessoas, medo de viver em um mundo onde a HIPOCRISIA é tão grande e já anda tão QUALIFICADA, que chorar ao ouvir uma música Gospel pode significar ser humilhado em uma mídia social, medo de viver em um mundo onde duas pessoas que se amam não podem viver em paz se forem do mesmo sexo porque algum PORTA VOZ DE DEUS, com a Bíblia na mão vai recitar dois ou três versículos condenando sua alma ao inferno.
Aaaaaaah, que bom seria se praticassem mais o versículo principal que diz que Deus é Amor!

- Fundamentalistas, por favor, não sintam-se atacados, engasguem roendo unhas mas não gastem tempo comentando o post, segregação não aparece no meu blog.

Leia mais postagens sobre temas para pensar aqui no Brunbabi.

2 comentários:

  1. Curti o texto, nem sabia da conversão do Naldo haha

    é difícil julgar assim, não conheço ele, não sei dos detalhes, enfim... acho bem complexo, mas que me irritam estes extremistas (de um lado ou de outro) ahh me irritam!

    http://espeloteadaepatricinha.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Passando para desejar um Feliz Dia da Mulher e excelente final de semana. Aproveito para te convidar a participar da nova promoção no Tititi da Dri e tentar adivinhar o peso da caixinha cheia de mimos - http://tititidadri.blogspot.com.br/2014/03/nova-promocao-aqui-no-tdd-caixinha.html
    Bjs

    ResponderExcluir

Comenta aí vai... é quando você comenta que eu melhoro o blog e faço ele ficar do jeitinho que você quer ver.