Gentileza tá na moda! - Brunbabi

Ai como é tenso não passar por aqui como antes... vou fazer um esforcinho, porque realmente to sentindo falta de falar com vocês.

Aproveito pra dizer que tô preparando um template novo pro blog, que tal?

Bom, isso faz parte do que eu queria dizer, mas não é o mais importante. Sabe do que eu queria falar mesmo? Educação.

Professores, pais, mestres.... NADA disso. Tô falando de educação pessoal mesmo, sabe? Aquela que a gente aprende na cartilha das palavras mágicas: Bom dia, boa tarde, por favor, obrigado...

Parece óbvio, mas tá em falta e eu tô falando sério. Como alguns já sabem, eu trabalho atualmente numa empresa grande e atendo muitas pessoas todos os dias. Cada uma, com uma história, com um gênio, um temperamento, uma idade diferente, um sorriso novo... algumas parecem que me conhecem há anos, depois de 5 minutos paradas em minha frente. Outras, agem como se estivessem diante de um robô, pré-programado para atender suas solicitações. Curioso, que essas pessoas quando ligam para as empresas que tem contact center e possuem gravações no atendimento, reclamam um monte por estarem falando com máquinas. Contraditório, né não?



Vivendo e pensando nisso todos os dias, eu quero propor pra você (uhum, você, pessoa única, lendo este post na frente de um computador), começar a dieta do VIVER BEM. 

Não, não to falando sobre o programa de televisão, to falando do seguinte: Imagine que todas as vezes que você disser um bom dia, um por favor, um obrigado, um com licença, você esteja simplesmente, desenrugando seu rosto, perdendo posteriores pés de galinha, deixando seu cabelo mais macio e suas unhas mais bonitas, também esteja produzindo hormônios que te deixarão muito mais disposta ao longo do dia e por consequência, mais ativa, mais divertida, mais alegre e mais simpática, somando milhares de pontos no quesito amor ao próximo e consequentemente, amor próprio.

Que tal?

Ninguém ta dizendo que você não é uma pessoa educada e claro, assim como todo mundo, você também tem seus dias de tempestade. Porém, o padeiro, o açougueiro, o motorista do ônibus, o vizinho, seus pais, namorado, amigos, colegas de trabalho... eles não têm nada a ver com isso e despejar essa ira por aí, não vai fazer com que você se sinta melhor. Aliás... fará com que as pessoas vejam você com um ponto de vista negativo e isso não atrai nada de luminoso pra você, não é verdade?

Mais uma vez, faço a proposta:

Quem vai aderir à dieta?


2 comentários:

  1. Oi! Obrigada pela visita.
    Achei a idéia legal!
    Pelo que você disse o seu blog anda meio parado né? O meu já virou pedra. rs
    Não é nada fácil manter um blog. Te desejo sorte! =]

    ResponderExcluir
  2. Oi! Obrigada pela visita.
    Achei a idéia legal!
    O meu já virou pedra. rs
    Não é nada fácil manter um blog. Te desejo sorte! =]

    ResponderExcluir

Comenta aí vai... é quando você comenta que eu melhoro o blog e faço ele ficar do jeitinho que você quer ver.