Parceria com blog é PARCERIA MESMO???

A internet está sempre cheia de oportunidades, não é verdade? Entre elas estão as oportunidades de fazer novos amigos, se relacionar com empresas, se informar sobre tudo que acontece no mundo e ainda, fechar negócios, fazer compras, resolver problemas, se divertir...

No meio dessas portas abertas pela tecnologia, conseguimos chegar muito mais perto, das antes inacessíveis, diretorias das marcas e descobrimos que, por trás de cada etiqueta, por trás de cada site, de cada modelo de calçado, existe uma pessoa, alguém que pode ser apaixonado pelo que faz ou não, alguém que pode ser gentil com seu público ou não, alguém que pode querer estar perto de quem procura chamar de "clientes" até torná-los amigos, ou não.

A blogosfera permite que consumidores e lojistas ou empresários, se relacionem de forma espontânea, direta e real, nos permite saber quais lojas e marcas merecem nosso respeito e nossa atenção porque muitas vezes, a blogueira trata direto com o dono, com o gerente ou com o responsável pelo marketing.

Algumas empresas, desde o início, atendem aos blogs com uma educação e um carinho ímpar, entendem que por trás de uma página, existe uma pessoa que se dedica, que deposita seu tempo e seu esforço em fazer com que seu espaço seja um lugar onde as pessoas se sentem a vontade, se divertem e que esse mesmo lugar, tenha credibilidade e clareza pra que seja um bom espaço publicitário.

Claro que toda moeda tem dois lados e assim como algumas empresas olham pros blogs com admiração, respeito e carinho, existem empresas que jogam os blogs pro campo da mídia barata e pensam que toda blogueira tem 12 anos e nada pra fazer. Oferecem brindes que deveriam ser escondidos ao invés de enviados em troca de publicações, pedem postagens e postagens em troca de programas de afiliados que nem ao menos permitem que a blogueira tenha certeza a respeito das vendas geradas por seus blogs ou cedem "sorteios" onde o único beneficiado é, nitidamente, a empresa, ou pior: usam o espaço do blog, lançam sorteios, alcançam seguidores, têm suas marcas expostas e depois, não respondem e-mails, não enviam os prêmios, não atendem mais às chamadas da blogueira e ela é obrigada a ficar se explicando para os seguidores e ganhadores a respeito do motivo dele não ter recebido seu prêmio.

Já vi blogueiras fazendo postagens falando sobre essas empresas, inclusive tem um grupo no facebook que denuncia parcerias furadas, mas nunca fui de expor essas situações por achar que, de alguma forma, isso não é ético, mas enfim... dar calote nos outros ou desrespeitar o trabalho de alguém, também não é, então acho que quem "mete a boca no trombone" tem seus motivos e eu sinto vontade de fazer isso todos os dias... 

Já vi, também, outras blogueiras que criticam o fato de alguns blogs cobrarem por posts, receberem produtos para resenha, etc. Sou avessa a esse tipo de opinião. Acho que quem tem tempo e boa vontade de ficar na frente do computador, escrevendo, escrevendo, procurando imagens, editando layout, template, colocando link, etc, etc, etc e não faz questão de receber nada por isso, deve continuar fazendo, mas quem gosta de oferecer sorteios e acha justo receber (financeiramente ou não) por divulgar uma marca, uma loja, colocar um banner ou escrever sobre um assunto comercial, tem o direito sim, afinal, é um trabalho honesto, como qualquer outro e quem trabalha, quer receber, não é verdade?

Ah! Isso não tem nada a ver com propaganda enganosa... tem blogueira que elogia produtos que nunca usou, só porque um parceiro está vendendo. Fala de perfumes que nunca usou, roupas que nunca teve, segurança na hora da compra em lojas em que nunca comprou... isso eu já acho uma baita sacanagem e só prejudica ao próprio blog, que depois fica desacreditado e confiabilidade não tem preço, é uma coisa adquirida com o tempo, quem mente pra leitoras dá tiro no próprio pé.

Esse post é uma forma de agradecer a empresas que sempre trataram os blogs com respeito, com carinho, com atenção e confiaram no nosso trabalho e uma crítica, construtiva, às empresas que ainda não aprenderam a lidar com a blogosfera: Entendam, de uma vez por todas, que os blogs podem ser esporte para alguns, lazer para outros, passatempo pra uns e até mesmo profissão para outros, mas independente disso, propostas baixas, parcerias em troca de amostras grátis, ofertas de participação em programas de afiliados onde o "parceiro" não consegue visualizar quem comprou ou não (ATENÇÃO blogueiras: a maioria desses programas é furada, você coloca banner, faz postagens, divulga e não tem controle sobre quem clicou, quem não clicou, quem comprou e quem não comprou na loja, afinal, a loja não vai te mandar um extrato de vendas pra te mostrar quem são os clientes e de onde eles vieram, não é verdade? Pode ser que alguns até sejam reais, mas a maioria... nunca vi ninguém me dizer que tem renda vinda desses programas, se tiver alguém aí que ganha $$$ com isso, por favor conte aqui qual é a loja, pra gente se afiliar também).

Se você é lojista, empresário ou possui uma marca e quer divulgá-la no google, terá que pagar por isso, se quiser divulgar no face, também terá que pagar... o mesmo ocorre com revistas, outdoors, rádio e televisão. Então... porque acreditar que uma blogueira fará um trabalho publicitário em troca de "um sorteio de um bloquinho de papel" que ela terá que publicar, encerrar, verificar, fazer contato e ainda por cima, caso a empresa falhe, pagar pelo prêmio se não quiser ver seu blog sendo mal falado por aí? Converse!

Blogueiras são pessoas e a maioria delas, não vai te cobrar uma fortuna por divulgação e ainda as que cobram, fazem isso porque trabalharam anos nos seus blogs, pagaram por templates, escrevem todos os dias, fazem tratamento de imagens, montam banners, flashs, fazem artes para divulgar sua loja e se têm milhares de seguidores, é porque trabalharam duro por isso. Ofereça o seu melhor, procure saber o que ela precisa para divulgar, responda aos e-mails, trate com atenção, opine, deixe claro o que você espera da parceria e pergunte a ela o que ela espera também, com certeza, você terá uma imagem muito mais interessante para a blogueira e isso estará refletido nos posts que ela fizer a seu respeito e a respeito da sua marca/loja. Se achar que não pode ou não deve apostar nos blogs, simplesmente diga "não" educadamente aos pedidos de parcerias ou exponha a real situação à blogueira e quem sabe, ela te surpreenderá com a boa vontade em divulgar sua loja, mas jamais tente  fazer alguém se dedicar ao seu negócio se você não estiver disposto a se dedicar ao blog, dá pra entender mais ou menos a dinâmica?

Seguindo a regra de que a gente não deve esperar o mundo de alguém enquanto dá um grão de areia, podemos entender o sucesso que algumas marcas obtém em parcerias e o retorno baixo que outras têm (quando têm).

Acho que é só pessoal... queria saber a opinião de vocês sobre tudo isso. O que acham? banalizaram de vez os blogs ou ainda tem saída?



Beijokas

4 comentários:

  1. amei e assino em baixo!!
    amada mandei o convite p OASÀP hj...em alguns dias vais receber um e-mail deles cfe te enviei em anexo p teu e-mail...
    bjs e ótimo final de semana
    dinda

    ResponderExcluir
  2. Perfeitas palavras!
    Ta de parabéns!
    Bjs querida

    ResponderExcluir
  3. Adorei o post e super concordo com vc!!

    Bjos

    http://www.senhoritamarmelada.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Comenta aí vai... é quando você comenta que eu melhoro o blog e faço ele ficar do jeitinho que você quer ver.