Acidente ou Falta de Atenção?

Oi amores, hoje vim falar de assunto importante para todas nós. Lembro bem das minhas aulas na 4ª série, quando meu professor de ciências (Regis, grande professor!) citou a frase:

"Acidentes não acontecem, são causados por falta de atenção!"

Você concorda?

Por mas polêmico que seja o assunto, eu concordo em gênero, número e grau.

Acidente de carro com motorista bêbabo não é acidente! Poderia ser evitado!

Criança que toma choque porque colocou o dedo na tomada não é acidente, poderia ser evitado!

Incêndio causado por bituca de cigarro não é acidente e muito mais coisas poderiam ser evitadas com um pouco de cuidado, concordam?

Pesquisando na internet encontrei uma matéria dizendo que, segundo o Ministério da Saúde, 140 mil crianças são internadas anualmente por conta de acidentes domésticos.

Nós estamos acostumadas com números... mas peraí... 140 mil crianças!!!! moro em uma cidade com 10 mil habitantes!!! Imagine 14 x isso dentro de um hospital por causa de falta de atenção!!!!!

Uepa!

Tem coisa errada aí!

A incidência dos acidentes infantis está diretamente ligada à faixa etária da criança e ao seu desenvolvimento motor; e a melhor solução para esse problema é a prevenção.

Algumas medidas são muito importantes para evitar acidentes domiciliares:

- Não deixar ao alcance das crianças objetos perigosos, como botões, pregos, moedas, enfim, objetos pequenos que atraiam as crianças e despertem o interesse de levar até a boca.

- Manter medicamento, materiais tóxicos e produtos de limpeza em locais seguros e não visíveis às crianças.

- Cuidado com janelas sem proteção, escadas escorregadias e sem corrimão e piscinas. É fundamental orientar as crianças quanto aos riscos nesses locais.

- Não permitir que a criança fique sozinha na cozinha, não deixar facas e objetos perfurantes em locais de fácil acesso, conversar com a criança e alertá-la do perigo de contato com panelas quentes, e não deixar fósforos visíveis, pois crianças não temem o fogo e podem gerar acidentes.

- Tomar cuidado com tomadas, ferro de passar roupas e armas.

- E caso tenha bebê em casa, ficar atenta na hora do banho, para que ele não se afogue, com as grades de proteção do berço para ele não cair, enfim, com todos os lugares onde o bebê estiver!

- Desligue o gás de cozinha quando sair de casa.

- Coloque tapete antiderrapante no box.

- Instale protetores de tomada principalmente nas tomadas que ficam perto do chão e busque sempre informações sobre como proteger sua família.

Sei que essas dicas parecem óbvias mas, infelizmente... possa d'água na casa do vizinho dá dengue mas piscina sem cloro na nossa casa não dá!

É triste, que por mais simples que sejam essas dicas, muitas pessoas ainda cheguem ao hospital com crianças feridas ou mesmo em óbito por simplesmente acharem que tanta prevenção seja desnecessária.

#FICAADICA!

Beijos amores.

(Algumas dicas foram extraídas do site dicasnet)

4 comentários:

  1. Está certo, quem tem criança tem uma série de coisas que tem que fazer para garantir a segurança dela.
    faz parte! ;)

    Ótimas dicas

    beijos

    ;*

    ResponderExcluir
  2. É verdade,com crianças todo o cuidado é pouco!!
    bjos

    ResponderExcluir
  3. Oi Bruna!
    Adorei esse post. Concordo com vc: na maioria das vezes, não acontecem acidentes. Tudo se deve à falta d atenção.
    E posso t dizer q meu marido e eu prestamos tanta atenção na nossa filhota!! E a ensino tbm a ficar atenta pra evitar os 'acidentes' qdo não estamos por perto.
    Obrigada pelas dicas.
    Bjos..

    ResponderExcluir
  4. Pois é, essas são dicas importantíssimas!
    Acredito que os pais tem de ter mais atenção com os filhos e a imprudÊncia, imperícia ou descaso, seriam evitados.
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir

Comenta aí vai... é quando você comenta que eu melhoro o blog e faço ele ficar do jeitinho que você quer ver.