O que de fato importa

O filho que muitas vezes não limpa o quarto e fica vendo televisão, significa que...
está em casa!

 


As roupas que estão apertadas,

significa que...

tenho mais do que o suficiente para comer!
 

O trabalho que tenho em limpar a casa,

significa que...

tenho uma casa!

 

As queixas que escuto acerca do governo,

significa que...

tenho liberdade de expressão!

 

Não encontro estacionamento,

significa que...

tenho carro!

 

Os gritos das crianças,

significa que...

posso ouvir!

 

O cansaço no final do dia,

significa que...

posso trabalhar!

 


O despertador que me acorda todas as manhãs, significa que...
estou vivo!


A desordem que tenho que limpar depois de uma festa,
significa que...

estivemos rodeados de familiares e amigos!



Chega de ficar resmungando o tempo todo, por tudo, por nada..... a sutil linha que separa a felicidade da trsiteza é o ponto de vista que se tem das coisas.

Que você possa ser feliz, com o que tem e com o que não tem, é meu verdadeiro desejo pra cada uma de vocês.

Beijoooooooooooos.

4 comentários:

  1. É, muitas vezes reclamamos de barriga cheia, apenas, por reclamar. Se ao menos uma vez parássemos para ver o que temos e agradecer por isso. talvez, fossemos mais felizes. E por que não, ao invés de reclamar, agir. O filho não arrumou o quarto? Deixe bagunçado, com certeza ele vai ficar incomodado, nem que seja dali a um mês, e vai ao menos tentar não ser tão desordeiro.Segure um pouco o desejo de ir voce mesma arrumar, deixe. Afinal ele não é mais um bebe, né? O marido esta sentado enquanto você está as voltas com os afazeres da casa; tudo bem, não adianta mesmo reclamar,senão ele já estaria te ajudando há tempos, não é? Experimente fazer um cafezinho, fresquinho; coloque pra você, se ele estiver esperando que você dê a ele; deixei que fique lá sentado ESPERANDO. Segure a sua vontade de levar uma xicara pra ele. Vamos ver se da próxima vez ele não faça um cafézinho pra vocês dois.
    As vezes é necessário MOSTRAR o que nos faz falta, para que os outros sejam capazes de entender o que é não ser levada a serio.

    ResponderExcluir
  2. Nossa. até me arrepiei toda hehehe
    Eu sou uma reclamona nata... mas todos os dias agradeço por tudo que tenho! É o mínimo que podemos fazer né?

    Beijos
    Dy Cariello

    ResponderExcluir
  3. Muito bonito *-*
    Se cada um desse mais valor ao que tem
    todos seriam mais felizes

    ;*

    ResponderExcluir
  4. Acredito no que o post trata, mas vejo as ambições mais como impulso para não ficarmos parados no mesmo lugar! sempre ir em busca de algo novo! :*

    ResponderExcluir

Comenta aí vai... é quando você comenta que eu melhoro o blog e faço ele ficar do jeitinho que você quer ver.