Fui, mas não fui...

Hello amores! Como estão nesse sábado de sol (aqui pelo menos)? Vim contar que ontem fui no show do Exaltasamba (mais ou menos, né?) kkkk

Deixa eu explicar.... moro pertinho de Peruíbe (20 minutos de carro) e estou sempre batendo perna por lá, já que aqui onde eu moro não tem nada pra fazer e em Peruíbe pelo menos tem praia............ então ontem tive o privilégio sagrado de trabalhar apenas meio período. Saí do trampo as duas horas e fui pra praia com o maridão...tava um sol maravilhoso, a água tava bem clarinha, passeamos muito e vimos umas cenas meio toscas na areia da praia...hahaha, venho contar em outra ocasião.

Depois voltamos, pegamos as crianças na escola e decidimos sair de novo e sabíamos que tava tendo show do Exalta lá na praia de Peruba. Fomos, mas não ficamos. Como já era de se esperar, tava abarrotado de gente e já tinha muita gente "mamada" dez horas da noite... percebemos que o clima não ía ficar muito bom dali pra frente, pegamos o carro e fomos pra Itanhaém (cidade depois de Peruíbe...mais meia horinha de carro). Compramos pastéis, esfihas abertas e refri e sentamos numa praçona que tem lá...tava rolando música ao vivo, bastante gente passeando.... muito gostoso. Chegamos antes das 2:00 em casa e fomos descansar.

Moral da história: Cada dia me convenço mais de que não consigo viver no meio da multidão, no meio de bagunça, baderna, etc......... quando eu era adolescente, isso era tudo que eu queria.... ser mais uma no meio do povão. Hoje NÃO DÁ! Não consigo!!!!!!!!!

Tava andando com minha família perto da orla, onde ía ter o show e fiquei observando as pessoas que passavam..... Passaram muitos casais, muitas famílias com crianças, muitas moças arrumadinhas, batendo papo, discretinhas...... e também.....

Um monte de meninos (mais quando eu digo um monte, digo UM MONTE, e não era UM grupo. Vários grupinhos separados) que aparentavam ter no máximo 15 anos, 16 talvez, com garrafas de bebidas alcoólicas nas mãos, se aparecendo, levantando garrafas, ostentando aquilo como se fosse bonito enquanto os pais estão em casa achando que os filhos foram só ALI, DAR UMA VOLTINHA. Crianças gente, muitas crianças, com bebida e cigarro na mão, gritando palavrões como se ganhassem uma moeda pra cada coisa indecente que falassem, cantando músicas que são capazes de deixar as coelhinhas da Playboy rubras de vergonha. Me senti mal.

Talvez não devesse.

Talvez já devesse estar acostumada.

Não estou.

Tenho filhos.

2.

E não quero nem imaginar que meu filho pode ser um desses meninos amanhã.

Amo o Exaltasamba, acho que é um dos poucos grupos que ainda consegue fazer um pagode de qualidade, mas..... fica pra próxima.

Desculpem o desabafo, mas talez sirva de alerta pras mães de adolescentes e de aviso para os adolescentes que lêem o blog:

1 - Falar palavrão não torna moleque, homem. Nem mocinha, mulherão. Torna você ridículo.
2 - Cigarro não é luxo e nem sinal de maturidade, apenas é sinal que seu bafo é horrível e seu cabelo se ainda não é, um dia será, muito ressecado.
3 - Quem precisa estar com uma garrafa de cachaça na mao pra brilhar entre os amigos, assina sua prória declaração de que é um babaca sem personalidade, que de cara limpa não consegue ser interessante pra ninguém, bebe pra fazer gracinha e ser o palhaço do circo.

#Falei.

2 comentários:

  1. Oi! Li seu texto e concordo com tudo! Vou te contar: tenho 13 anos e muitos de meus amigos já bebem e fumam... E acham isso maravilhoso, se voce fuma voce é ''popular''. Pois eu já decidi. Nunca vou experimentar cigarro. Nem que eu perca uma amizade ou até mesmo um amor. Eu já estou decidida, ninguém vai me fazer mudar. E hoje em dia, para ser ''aceito na sociedade'' é preciso fazer disso tudo, mas eu prefiro ser aquela ''diferente'' do que estragar minha vida com um cigarro. #Falei tbm!
    Um beijo, Natália
    makeup--lovers.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Ainnn que sorteeee mora pertinho de Peruíbe *-*
    Aii quero muito ir pra lá saudade, sempre passava as férias lá! Tão gostoso!

    A cidade era pequeininha nossa eu lembro, e hoje está enorme!

    Affff hj em dia cada vez mais cedo estão bebendo fumando, fzd sexo, acho isso muito triste!
    Hoje em dia ter bons costumes e valores pra muita gente é motivo de vergonha =/
    as coisas estão todas invertidas!

    Tb morro de medo pelo meu filho, hj ele tem 4 anos, mas o mundo está perdido, tenho medo das más influências! Espero que ele seja forte sempre!

    E concordo com a 1 a 2 e a 3 que escreveu ali no final!

    ótimo post

    ;*

    ResponderExcluir

Comenta aí vai... é quando você comenta que eu melhoro o blog e faço ele ficar do jeitinho que você quer ver.